quinta-feira, 23 de março de 2017

9 motivos para não desistir da transição capilar

Hoje eu quero falar especialmente com você que está pensando em desistir da transição capilar seja por medo de assumir o cabelo natural ou por qualquer outro motivo. Eu sei que essa fase é difícil, porque já passei por ela. 

Primeiro você precisa saber que é normal se sentir insegura, não é fácil viver fora dos padrões impostos pela sociedade, seja padrão de beleza, de comportamento ou de qualquer outro tipo. 

Nos últimos anos a ditadura do cabelo liso vem sendo derrubada, mas ainda existe um pouco de preconceito em relação ao cabelo crespo. E cabe a nós, cacheadas, acabar com isso. Mas como? Simplesmente parando de alisar nosso cabelo, assim cada vez mais pessoas verão a beleza dele. 

Eu também tive medo de assumir meu cabelo natural, mas me apeguei a alguns motivos para não desistir da transição capilar e vou contá-los pra você agora.

motivos para não desistir da transição capilar


1. A autoestima vai lá em cima
Nossa autoestima é elevada quando a gente se sente bem como é de verdade, quando não precisamos mudar nada em nosso corpo.


2. Você se sente livre
Deixar de ser escrava da chapinha nos faz sentir uma incrível sensação de liberdade.


3. A diferentona
Grande parte das mulheres tem cabelo liso ou alisado, não precisamos ser igual a maioria. Seja diferente.


4. Praticidade
Fazer fitagem é muito mais fácil do que fazer chapinha. Poder lavar o cabelo e arrumá-lo rapidinho é a melhor parte. Também não perdemos horas no salão fazendo um alisamento. Vale a pena conferir os posts: Cachos definifos com Fitagem e Plopping: técnica simples para secar e definir cabelos cacheados.


5. Você economiza dinheiro
Você não vai precisar mais gastar com escova progressiva e vai encontrar produtos com valor pra cuidar dos cachos. A marca Salon Line é um exemplo. Eu uso e amo, tem resenha de produtos da marca aqui no blog:






6. Versatilidade
A versatilidade é mais um ponto positivo do cabelo crespo, podemos mudá-lo sempre... Fazer chapinha hoje, usar cacheado amanhã, sem contar que nossos cachos sempre vão mudar de forma. Nunca vamos enjoar deles.





7. Química é prejudicial aos fios
Alisamento em excesso causa danos a longo prazo, e não existe progressiva que hidrata o cabelo. Progressiva é química... Química não proporciona hidratação.



8. Liberdade pra tomar chuva e entrar na piscina
Coisas que não dá pra fazer quando estamos com chapinha.


9. Você se sente uma vencedora
Quando a transição capilar acaba você vê que foi forte o suficiente pra passar por ela. É uma sensação indescritível.



Esses são os nove motivos para não desistir da transição capilar. Espero de coração que o post tenha te dado forças pra vencer essa fase. Se eu consegui te ajudar de alguma forma, deixe um comentário e curta a página do blog no Facebook pra acompanhar as próximas dicas para cacheadas que vão rolar por aqui
Beijos, e até mais ❤ 



Ah! Esses posts também podem te interessar: 10 coisas que toda cacheada precisa saber

Como enrolar a parte lisa do cabelo durante a transição capilar






2 comentários:

  1. Muito bom, eu estou em transição a 5 meses a raiz esta bem alta, na verdade ela não incomoda mas o restante do cabelo esta muito embaraçado embolando e quando vou pentear ta quebrando muito, o que eu faço? Ta me fzndo desistir da transição,não existe nada para resolver esse problema?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Thaís, obrigada <3

      Como você desembaraça seu cabelo? Tenta pentear durante o banho, antes de passar o shampoo. Molha, aplica condicionador e desembaraça com os dedos. Depois lava normalmente. Assim é bem mais fácil de desembaraçar e vai evitar a quebra. Depois do banho passe bastante creme de pentear e finalize como você está acostumada. Depois me conta se deu certo. Beijos :)

      Excluir

Olá! Muito obrigada por ler o post e por se dispor a comentá-lo. Marque a opção "notifique-me" para ser notificado quando eu responder seu comentário.