quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

Livros mais parecidos com Cinquenta Tons de Cinza

Atualmente qualquer livro que contenha relações BDSM é considerado parecido com Cinquenta Tons de Cinza, mas para uma história ter o estilo do Cinquenta Tons precisa ir além de chicotes e algemas... Precisa existir amor e romantismo, e é difícil encontrar livros assim. Vários prometem ter o mesmo estilo, mas apenas uma minoria se parece com a obra de E.L. James


livros parecidos com Cinquenta Tons de Cinza

Até hoje eu só li duas sagas que realmente lembram Cinquenta Tons de Cinza: a Saga Crossfire e a Série Up In The Air. Vou falar um pouco sobre elas pra vocês.

Livros não recomendados para menores de 18 anos.

O que falar de Crossfire?
Em Crossfire a publicitária Eva Trammel ingressa em seu novo emprego e conhece Gideon Cross um executivo bilionário e lindo. Gideon se interessa por Eva imediatamente, no início ela tenta resistir a ele, mas logo acaba se entregando e eles se apaixonam loucamente.



Crossfire foi lançada um pouco depois de Cinquenta Tons de Cinza e também é um best-seller do The New York Times. A autora, Sylvia Day, até admitiu que Cinquenta Tons foi sua inspiração pra escrever a história. Nos agradecimentos de Toda Sua - primeiro volume da série - Sylvia escreveu as seguintes palavras: 

"A E.L. James, que escreveu uma história que cativou os leitores e criou um desejo por mais obras como a sua. Você é demais!"


Sinopse Oficial:
Eva Tramell tem 24 anos e acaba de conseguir um emprego em uma das maiores agências de publicidade dos Estados Unidos. Tudo parece correr de acordo com o plano, até que ela conhece o jovem bilionário Gideon Cross, o homem mais sexy que ela - e provavelmente qualquer outra pessoa - já viu. Gideon imediatamente se interessa por Eva, que faz tudo o que pode para resistir à tentação. Mas ele é lindo, forte, rico, bem-sucedido, poderoso e sempre consegue o que quer - Eva acaba se entregando. Uma relação intensa começa. O sexo é considerado por eles como incrível. Capaz de levar os dois a extremos a que jamais tinham chegado. E, então, eles se apaixonam - o que pode ser tanto a chave para um futuro feliz quanto a faísca que trará de volta os traumas do passado.

serie crossfire livro parecido com Cinquenta Tons de Cinza

A série é composta por 5 volumes: Toda Sua, Profundamente Sua, Para Sempre Sua, Somente Sua e Todo Seu, nessa ordem.









Porque Crossfire e Cinquenta Tons de Cinza são parecidos?
Os personagens Cross e Grey tem muito em comum, são empresários bilionários, lindos e dominadores, sofreram traumas na infância e são traumatizados por isso. Encontram em suas parceiras uma maneira de se curar desses fantasmas, e até a forma que os personagens se conhecem são parecidas. 

E o que há de diferente entre as duas séries? Enquanto a Ana é ingênua, virgem e insegura, Eva é uma mulher provocante e experiente que já teve vários relacionamentos. Outra diferença que posso destacar é que em Cinquenta Tons apenas o Christian sofreu abusos na infância e em Crossfire tanto Gideon como Eva tem traumas do passado.



Sobre Up In The Air
Up In The Air conta a história de Bianca, uma comissária de bordo que em um de seus voos conhece James Cavendish. Bianca não está a procura de relacionamento, mas ela não resiste as investidas de James e eles embarcam em uma relação repleta de dominação e submissão. Não falta amor entre os dois.

trilogia up in the air livro parecido com Cinquenta Tons de Cinza

A trama do casal principal é uma trilogia composta pelos livros In Flight, Mile High, e Grounded. Os outros volumes contam a história de personagens secundários da trilogia. A série pertence a autora R.K. Lilley, e vai ser lançada no Brasil pela editora Charme. 



Conheça a Sinopse:
Quando Bianca, uma reservada comissária de bordo, recebe um olhar do bilionário proprietário de hotéis James Cavendish, ela perde toda a compostura duramente conquistada. Para uma garota que pode facilmente manipular uma bandeja de taças de champanhe a 35 mil pés em um salto de 8 cm, ela se encontra surpreendentemente fraca com esse primeiro encontro. Bianca, normalmente imperturbável, não consegue desviar o olhar de seus olhos azuis turquesa eletrizantes. Eles mantém um desafio, e uma promessa que ela acha impossível resistir, e ela é uma garota acostumada a dizer não.

Bianca está acostumada a lidar  com supermodelos e astros de cinema, mas James Cavendish rebaixa a todos no quesito beleza. Se fosse apenas a sua aparência que ela achasse irresistível, Bianca poderia ter ignorado. Mas o que a seduz como nunca antes é a atração dominadora que ele parece ter sobre ela desde o momento que eles se conheceram e a promessa de prazer e dor, que ela lê nos olhos dele.


Semelhanças entre Up In The Air e Cinquenta Tons de Cinza
A história é praticamente a mesma... O empresário rico, bonito e controlador se apaixona pela mocinha pobre e inocente. Aos poucos ele a apresenta ao mundo S&M, e eles acabam se apaixonando. Bianca nunca tinha se interessado por homem nenhum antes de James, assim como Ana que também não namorou ninguém além do Christian.

Uma diferença entre os livros está no passado das protagonistas. Bianca teve um começo de vida difícil, ao contrário de Ana que nunca passou por traumas. 


Na minha opinião, esses são os livros mais parecidos com Cinquenta Tons de Cinza. Eu já tentei ler outros livros que abordam o BDSM como tema, mas eram tão horríveis que nem consegui terminar.


Se você conhece outras histórias que tratam o S&M de uma forma romantizada deixe nos comentários, e não deixe de seguir o blog se gostou do post, isso me ajuda muito. O botão Seguir fica ali na lateral ou no fim da página caso esteja usando um celular.

 Beijos, até mais ❤




Redes Sociais:
@nossaquevicioblog no Instagram  Nossa! Que Vício Blog no Facebook 
@nossaquevicio também no Twitter












7 comentários:

  1. Gostei,mais tenhe sim varios livros que podem se comparar a cinqüenta tons de cinza,a trilogia a redenção de um cafajeste,os livros de Maya banks-são tantos mais gostei da sua colocação.bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii, Cleide... Não conheço esses, mas gostei de saber. Vou procurar pra ler. Beijos, obrigada pela visita <3

      Excluir
  2. Com certeza vou pesquisar esse livros amei!

    www.dheiamartins.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os livro são maravilhosos. Procura ler sim. Beijos, obrigada pela visita :)

      Excluir
  3. A trilogia crossfire é simplesmente devastadora, superando e muito 50 tons, mas infelizmente a autora se perdeu em meio a todo o clamor do público e transformou uma história intensa em uma labirinto sem fim.
    Destinando a espectativa de todos nós leitoras por um final surpreendente em apenas confusão e desentendimento do pq ela fez aquilo. Mas eu indico!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá. Concordo com você, a autora se perdeu à partir do 4º livro. Ela devia ter encerrado a história no Para Sempre Sua, assim o Gideon e a Eva teriam um final mais digno. Mas mesmo assim amo Crossfire e também indico muito.

      Beijos, obrigada pelo comentário :)

      Excluir
    2. Super concordo, Crossfire foi uma das histórias mais lindas que já li, muito melhor que 50 tons, que pena que o livro acabou de um jeito bem escroto :/ saudades Gideon haha

      Excluir

Olá! Muito obrigada por ler o post e por se dispor a comentá-lo. Marque a opção "notifique-me" para ser notificado quando eu responder seu comentário.